terça-feira, janeiro 17, 2017

quando fevereiro chegar

tem dia que é como abraço:
aperta, envolve e afaga a gente

por vezes
quando vou muito longe
ainda vejo azulejos
espalhados na parede da minha saudade

enquanto isso o carnaval passeia na rua ao lado
apalpando as intimidades do mundo



*manoel de barros sabe das coisas

Nenhum comentário: