domingo, março 27, 2011

por favor,

tu, que não admiras meus pés,
nem tentas esconder tua opinião
e ofendes a timidez deles descalços

te digo que é melhor assim:
vem e te envolve em minhas mãos como a fumaça que tragas
e tira o esmalte das minhas unhas
como quem se despe sem se despedir








até a volta...