sábado, maio 22, 2010

nem adianta

adormeço
pra ver se ameniza
a dor alheia

Um comentário:

Abiodun Akinwole disse...

alheia normalmente não é a dor, sempre cutuca quem nem quer sentir.

abração.