quarta-feira, abril 15, 2009

do samba e da chuva

tão raro quanto vê-lo
é eu tocar bem um pandeiro
daí o melhor que faço
é sambar
vou sambar, sambar demais
debaixo da chuva
e esperá-lo de novo
nos carnavais que virão
e bem no final
do ano que vai
e da chuva que vem.


"o meu caso é viver bem, com todo mundo e com você também..."
ai, ai, jorge ben (L)

4 comentários:

solin disse...

sambando na chuva. cena linda de felicidade.

seu sentimento é conagioso demais. quero sempre.

saudades, açúcar ^^

solin disse...

*contagioso

solin disse...

*cena linda de bem-quer-se-estar-pra-sempre

Pedro Pan disse...

, que samba bom de ser ler, se ver e sentir...
, beijos meus.