quinta-feira, junho 26, 2008

TPM


.

.

.

as flores fogem do mal.

algumas dores me atingem.
normal.

minha pretensão
é apenas
menstrual.

.

.

.


sábado, junho 21, 2008

segunda-feira, junho 16, 2008

depois da irritação

hoje apenas repito o que um bom poeta
disse outrora, acerca das orquídeas
que se entreabriam...
já não há diferença
entre o silêncio que desenhava
e o barulho em que agora flutuam.
enquanto me esforço a não rodar mais
percebo que nada há de novo
mas há algo mais forte, eu sinto
e ainda não consegui entender...






é que o seu rosto ainda não entrou na moldura de meus olhos.*

domingo, junho 15, 2008

Hoje me irritei. Não que eu queira cobrar o que parece caro. Muito menos quero lembrar do que é raro. Só sei que cansei de imitações baratas. Sinceramente, me irritei com o que consideram "humor inteligente". Parece que "as pessoas" perderam a noção. Pra mim, é necessidade de aceitação mesmo. Tudo não passa de cópia barata e mal feita do que já existe. E que se exploda mesmo, diz uma amiga. Nem precisa de maldade pra querer isso. Perderam a noção do que é humor. Bom humor. Perderam a noção até do que é ironia e do que é ridículo. Só de lembrar que tudo, antes, era mais escondido, diz mais uma vez a amiga... O que vale agora é rir às custas dos outros. Mesmo sem motivo. E o que é pior: expor o outro ao ridículo e o outro achar isso inteligente. Realmente, hoje me irritei.

sábado, junho 14, 2008

a velha
vergonha
verde
ontem
me deixou
vermelha

sábado, junho 07, 2008

ainda vejo a beleza dos teus sonhos
enroladas num cobertor frio e liso
dou de cara com meu travesseiro fino
na cama macia do teu cochilar vazio
e retomo esta manhã mesmo
às pernas geladas do tempo que nunca tive.



*ontem pela manhã.