quarta-feira, abril 30, 2008

a manhã esconde um conto em dinheiro:
amanhã te conto um segredo.

segunda-feira, abril 14, 2008



Antes fosse perto destas horas perfumadas
o que agora já está longe deste sono incontável.
Retorno ao teu endereço: quero só um telefonema,
um sorriso e uma carona.
Mais tarde um adeus...
No meu céu o tempo abre
fecha a chuva neste peito
e nada mais em mim deságua.
Na noite a lua contente vai te soar em gargalhada
e o que antes madrugava vai te dobrar um amargo sonho.


tempo de muitos sonhos...
___________________________________________________________


Meditacion primera y ultima


El tiempo
Tiene color de noche
De una noche quieta.

Sobre lunas enormes,
la Eternidad
está fija en las doce.

Y el tiempo se ha dormido
para sempre en su torre
Nos engañam
Todos los relojes
El tiempo tiene ya horizontes



(Federico Garcia Lorca)




terça-feira, abril 01, 2008

revelações

Alguém esperava logo ali. Deixa eu olhar bem... Fotos reveladas. Posso ver, seu cabelo está num colorido diferente. Talvez seja a época em que a foto foi tirada. Eram mais felizes. A pouca idade a tornava mais singela. Delicada. Nem me lembrava mais de como era este sorriso. Vamos sair logo daqui. Hoje tá meio frio. O tempo nem me esperou. Fugiu com ela pra bem longe. Os anos se passaram, mas não neste registro. Ainda bem.




I can see you haven't had any sleep in a long time.