domingo, fevereiro 24, 2008

um favor

eis um copo de café
uma xícara vazia de suco
na cozinha lotada de louça suja
compromissos pendentes
prateleiras e livros semi-novos
no quartinho dos fundos
cantigas caladas e amarrotadas
um pouco d'água nos olhos
no banho após a manhã escura
peço: traga mais um lenço que me umedeça
este charuto não tragues perto de mim
e não me faças atrasar meu leve pouso.

2 comentários:

Thayse disse...

Su,


a questão é que com o tempo abarrotamos nossas vidas de pendências, desamores, sonhos... parece que tudo vai ficando cada vez mais pra trás e só nos sobra... a lembrança...

Biejos (Des)conexos!

Esyath disse...

Su,


a questão é que com o tempo abarrotamos nossas vidas de pendências, desamores, sonhos... parece que tudo vai ficando cada vez mais pra trás e só nos sobra... a lembrança...

Biejos (Des)conexos!