domingo, outubro 21, 2007

primeira vez outono

e quando a essência não muda
há ainda a luz do dia
a espera do conforto noturno

e enquanto a essência não mudar
faz-se ainda chama boa
pro descanso que ainda vem.




na primavera.

5 comentários:

Andréa disse...

o outono é o fim, pra recomeçar. mas todo recomeço é diferente.

Sol Noturno disse...

nem sem mais se é o noturno que apazigua!

Sol Noturno disse...

e quando o suicidio é antes do homicidio?

???

tardezinha disse...

o descanso ainda vem.

david santos disse...

Por favor!
Faz alguma coisa pela "justiça" brasileira.
Flávia vive em coma e a "justiça" brasileira também.

(a resignação é parar a evolução. David Santos, in tempos de sempre)

Obrigado
David Santos