domingo, setembro 10, 2006

rosas regadas
sombras inquietas
árvores perenes
dos deuses.
as dores respondem:
silêncio!

rosas se aquietam
sombras perecem
árvores ressecam.
os demônios
perguntam insones:
festa?

Nenhum comentário: